terça-feira, 29 de maio de 2007

CONCERTO EXCLUSIVO






Fala-se em surdina....




No jardim....




A esta hora...
em que a noite ainda não acabou...
E a madrugada ainda vem longe.....




O único som....
O vento a ecoar aqui na Concha Acústica.....




Num concerto exclusivo....
Perfeito....
A antecipar as galas de Verão....




Num jardim...
Revisitado…
Redimido….






P.S.: Concha Acústica nos Jardins do Palácio de Cristal - foto tirada por mim

7 comentários:

C_BRITTO disse...

Marta,
Você tem a capacidade de olhar para um lugar e descrevê-lo em forma de poesia.
Só sendo uma poetiza mesmo!
Bela foto e lindo lugar!
'O céu não é o limite, portanto voe Marta!
Beijos querida
:-)

Alexandre disse...

Concerto exclusivo, intimista, em silêncio, os acordes soando na paisagem serena, as palmas são pérolas que saem das mãos divinas das pessoas que ouvem... o concerto exclusivo, intimista!!!

Lia disse...

E nesse recanto tão mágico ouves a batida acústica de duas almas em sinfonia...
Saudades de passear nesses jardins...

Um beijo

João Cordeiro disse...

Nas asas de um sonho aqui pousei.
Gostei do que vi.



Beijinho sonhador

Betty Branco Martins disse...

Querida Marta

___________aquela música___________

Beijinhos com muito carinho

125_azul disse...

Porque chamam as estas horas "horas mortas"?Pois se explodem de cores e sons nas tuas palavras...
Beijinhos

.:mÁrCiO:. disse...

Olá!
Depois de uns tempinhos de ausência, estou a ler que ainda não perdeu esse seu jeito de escrever, aliás... parece-me aperfeiçoado. Será da experiência ganha com o tempo?
Passei só para lhe dizer que voltarei a ler assiduamente os seus textos, singulares. Mesmo que não os comente (que acontece com frequência, pois por vezes ficasse sem palavras de tais textos singulares)!