segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

NUNCA OU QUERO





“ Nunca ” e “ Quero “…. As palavras proibidas da infância…

E se me atrevesse a perguntar porquê, a resposta era invariavelmente “Porque sim!”

Compreendi o porquê do “nunca” ser uma palavra ingrata anos mais tarde… 

Quando me deparei com uma situação que não sabia como resolver… 

Que me afastou da minha zona de conforto e mostrou-me o lado mais negro do Mundo…

Todos somos vulneráveis… Todos temos horas do Diabo… Todos erramos…

E o “hoje” não é o “ontem”…

E se soubermos isso, não precisamos dizer….

“Nunca” ou “Quero”



4 comentários:

Graça Pires disse...

A nossa vulnerabilidade e a lucidez dos anos que passam é que nos ensinam...
Bom texto, Marta.
Um beijo.

Ailime disse...

Boa noite Marta, gostei do seu texto onde me revi.
Com o tempo vamos compreendendo os porquês dessas expressões e sentimos necessidade de não as utilizar de ânimo leve, embora por dentro os seus ecos doam.
Bjs e boa semana.
Ailime

heretico disse...

aprendemos dia a dia...
e crescemos todos os dias

beijo

Sofá Amarelo disse...

Se forem usadas com intuição, as expressões "nunca" e/ou "quero" podem revelar-se necessárias e eloquentes... o "porque sim" é que na verdade nunca é resposta...