sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

IMPOSTO




Há historias que te posso contar sobre a noite…
Sobre o seu exotismo e a sua sensualidade…
Mas hoje a noite está arrogante…
E não sei bem porquê,
mas não ouso quebrar o silêncio imposto…




2 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Não se devem quebrar os silêncios da noite, para não alterar o exotismo e a sensualidade... porque a noite só fica arrogante quando não gosta das histórias que sobre ela se contam...

Graça Pires disse...

A noite é a sombra de um pássaro que rasga as margens do silêncio que nos seduz...
Beijo.