terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

FELIZ





Ninguém devia sentir esta angústia...
Esta solidão que nos esmaga os dias e nos faz gritar de pavor nas noites...
Mas há quem a tenha no olhar, entranhada no corpo...
E só por isso nunca se sentirá feliz....



4 comentários:

Sofá Amarelo disse...

A angústia é difícil de desentranhar do corpo, porque ela cola-se à solidão, prolonga as noites e esmaga o olhar...

Smareis disse...

Ninguém mesmo Marta!

O Olhar é o único que não consegue disfarçar uma angustia.

Victor Hugo certa vez disse: "Todo o inferno está contido nesta única palavra: solidão." Concordo com ele!

Ótima semana!

Blog da Smareis

Paulo Francisco disse...


Muito bom. Consegui ver-me nas entrelinhas deste texto.
beijogrande

Carmem Grinheiro disse...

Olá Marta,
Tem razão, ninguém, mas ninguém mesmo! deveria sentir a angústia de sentir-se só, completamente despojado de alento.É uma dor, é um nó na garganta, olhar à volta, tantos rostos e nenhum se virar para nós. Nenhuma voz se dirigir a nós, numa pergunta tão simples como um "como estás?" - é de gritar aos céus.

bjn amg