domingo, 26 de abril de 2009

FÁCIL DE ESCREVER




Reencontro-me
Em ti
Nesse néctar precioso
Que derramas no meu corpo
Entre fantasias e desejos

Reencontro-me
À noite...
Com o brilho das estrelas e da lua

Nada vou perguntar
Nem estudar o mapa astral
Pois sei o que quero

O meu nome completa o teu
Encaixa-se nele
Fácil de nele escrever
Amar……….




(Foto "Blue" Sara Sa, Olhares.Com)
(Textos protegidos pelo IGAC - Cópias proibidas)

6 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Não faço ideia se é fácil de escrever, mas sei o é para ler. Isto é, as tuas palavras soam bem e o poema é muito bom.
Cara amiga, boa semana.
Beijos.

Patrícia disse...

É fácil de escrever mas tão difícil de a entender...

Beijinhos Marta=)
Patrícia

Elcio disse...

gostei das imagens mentais aqui passadas.

é isso aí.

www.instantes.blogger.com.br
este endereço q vale ok?

bjs e otima semana.

pin gente disse...

gosto de te ler, marta!
deixo um beijo

ematejoca disse...

Mesmo sem deixar comentários, gosto muito de te ler, Marta.

O PRÉMIO "BEST BLOGGER AWARD 2009" tens de o aceitar, Marta, porque ambos os blogues possuem grande nível.

Boa noite!

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Marta, belo poema...Excelente.....
Beijos