terça-feira, 7 de setembro de 2004

SORRIR


Sorrio, mesmo sem tu estares presente!
Noto o brilho dos teus olhos quando me vês; o sorriso maroto que escondes quando te surpreendo a olhar para mim.
Não precisas de dizer nada - eu sei que estás perto e sigo-te em pensamento, deixo que abraces o meu caminho, que afastes as pedras de que só damos conta quando nos impedem de caminhar!
Voamos com as gaivotas; nadamos contra a corrente com os salmões; escondemo-nos na floresta com os veados; deitamo-nos com as estrelas para que a noite dure mais e rimos.
Mesmo que seja só hoje; amanhã, posso estar no outro lado do mundo e tu ficas aqui. À minha espera, tal como eu, quando é a tua vez de partires!
Porque o que nos une verdadeiramente é saber respeitar o espaço de cada um de nós!! À qualquer hora, em qualquer momento!

2 comentários:

chOURIÇO disse...

:)

lique disse...

Linda, cá estou eu na inauguração da tua nova casa. Estás feliz, Marta. Que bom! Oxalá te dês bem por aqui. Melhor que o Sapo é, de certeza. Beijinhos