quarta-feira, 26 de setembro de 2012

PEDIDO









Foto de Armene "Noir"


Esta noite,
        fica comigo...
Na voz sensual dos sentidos
        na doce agitação dos corpos
Vem,
       quero-te no meu corpo...
Sente-o como uma onda
       a rasgar o teu peito com desejos...
Na minha cama tranquila
       veste-me
 de sonhos e de momentos...
      


6 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Vestir, só mesmo com a voz sensual dos sentidos, na doce agitação tranquila dos corpos, onde as ondas rasgam desejos e contam histórias de amor...

Nilson Barcelli disse...

Um pedido assim, tão sensualmente formulado, é difícil de recusar.
Belo poema, gostei.
Marta, minha querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Filipe Campos Melo disse...

Esta noite sê verso

Bjo.


Muita bela a citação de Melo e Castro.

Daniel Costa disse...

Marta
A sensualidade que sabes dosear,tornando-a, poeticamente bela.
Beijos

LUZ disse...

Bom dia Marta,

Que Pedido! Coisa simples, diríamos, ambas.
Sabes, é destes pedidos que eu gosto, porque aceleram e acalmam a vida. Tu tens janela pop-up, nos comentários, e isso impede-me de ter o poema, aqui, como se fosse de página inteira, mas se é assim que preferes, que seja.
Adorei tudo o que está escrito no poema e até as letras mais pequeninas o embelezam.
Olha, Marta, pedir não custa e ouvir a resposta, que será SIM, eleva-te o ego, alimentando-te corpo e alma.

Obrigada por teres passado pelo "Luzes e Luares" e deixado comentário.
Estou a tratar-me por "tu", sem saber a tua idade, o que não é meu hábito, mas o que escreves, a maneira como escreves e algumas imagens que encimam os teus poemas dão-me uma leve indicação, embora possa não ser fidedigna.
E és uma mulher do norte, "carago".
Eu vivo em Lisboa, mas sou do Alentejo, moura, árabe, sulista e, por vezes, elitista.

Amanhã, temos feriado, pelo último ano. Concordo, plenamente.
Os países desenvolvidos têm poucos feriados.

Desejo-te um dia de sol interno e externo.
Beijinhos da Luz.

Creio qu ainda não passaste pelo "Afetos e Cumplicidades". Se pretenderes, fá-lo. Obrigada.

LUZ disse...

Olha, Marta, voltei!

A imagem, que sei que não é tua, e que encima o poema está espantosamente LINDA e atrevidamente SENSORIAL.

Parabéns pela escolha.

Beijos da Luz.