quinta-feira, 20 de setembro de 2012

INVENCÍVEL





Esta noite,
   sinto-me invencível

Louca, talvez..

   Por te amar novamente


Por gostar de luz
    e deixar que se entrelace
na nudez do teu corpo

Gosto de ti
   Gosto de luz

Digo-to hoje

     Repito-o amanhã

E no dia seguinte também...




Woman Painting “ Hamish Blakely


5 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Não há limites para as noites de luz, onde o entrelaçar da nudez dos corpos é invencível e se repete ontem, hoje e amanhã...

© Piedade Araújo Sol disse...

amor e partilha.

gosto!

beij

Nilson Barcelli disse...

A invencibilidade também é um estado de espírito.
Magnífico poema, gostei muito.
Marta, minha querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Daniel Costa disse...

Marta

Faça-se luz, o seu sentido, a sua amplidão, é sugetão!
Beijos

Secreta disse...

E nunca te canses de o repetir...
Um beijito.