domingo, 5 de setembro de 2021

O CLUBE DOS MIÚDOS PARTE V

 

Estamos fritos! diz o Gonçalo quando estão sozinho, não vamos ter qualquer hipótese!

Cala-te! Não digas disparates, recrimina a Inês, vamos encontrar uma solução, porque o Edgar não vai vencer! afirma com tanta veemência que os primos olham-na com algum medo.

Claro, claro que não vai vencer, reage finalmente a Sofia, o que é que pensas fazer?

Mas antes que a Inês responda, ouve-se um grito pavoroso.

Os miúdos saem imediatamente do quarto, encontram a Filipa parada no meio do corredor, tão surpreendida como eles.

Na cozinha, o Edgar e a D. Margarida discutem vivamente, se a T-Shirt está na máquina, foi porque o Edgar a pôs no cesto para lavar, afirma a governanta.

Não, não, afirma o Edgar, ela estava limpa! A Inês escondeu-a!

Olha que disparate! Acha mesmo que a sua irmã ia esconder a T-Shirt e logo aqui? interrompe a governanta, pense melhor e agora faça o favor de me deixar trabalhar.

Mas é verdade, insiste o Edgar, mas a Filipa interrompe-o, acaba com isso, Edgar, por amor de Deus, vê se deixas de te comportar como um imbecil!

EU NÃO SOU UM IMBECIL! grita o Edgar e a irmã aperta-lhe o ombro de tal maneira que o Edgar faz um esgar de dor.

Isto acaba de provar que és um imbecil! observa a Filipa, pensa bem no que acabas de fazer! Tudo por causa de uma T-Shirt! Francamente, Edgar, tem cuidado quando escolhes as tuas batalhas!

Os três miúdos seguem atentamente a troca de palavras, adoram ver o Edgar atrapalhado.

Contudo, quando ouvem a Filipa perguntar pela Mãe, decidem fugir novamente para o quarto.

Têm quase a certeza de que o Edgar vai aparecer por lá, descarregar neles o mau-humor, mas a Inês não está nada preocupada.

Basta gritar pela Mãe, explica, a Mãe não tem paciência para as palermices dele, já a ouvi dizer isso várias vezes. Por isso, não, não estou preocupada, repete.

Ouvem passos apressados no corredor, o Gonçalo abre à pressa um livro e finge que lê.

A Sofia não sabe bem o que fazer, vê umas bonecas fora do sítio e resolve arrumá-las.

A única que está calma e recebe o Edgar com um sorriso maroto é a Inês.


CONTINUA

2 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Como usamos dizer aqui " É uma casa a arder"! Loool Oh garotos rebeldes. As idades são tramadas :))

Beijos, e um excelente fim de semana.

Elvira Carvalho disse...

Esta menina a continuar assim, mais cedo ou mais tarde vai ser um problema.
Abraço, saúde e uma boa semana