terça-feira, 21 de setembro de 2021

A PROPOSTA

 

A Teresa está com uma dor de cabeça horrível, sente frio e calor ao mesmo tempo e não consegue levantar-se da cama.

O António fica preocupado, a Teresa raramente está doente e para querer ficar hoje na cama, é grave.

Queres que chame um médico? Levo-te ao centro de saúde? Telefono à tua irmã? o António parece uma barata tonta, sem saber exactamente o que fazer.

A Teresa não consegue responder, doí-lhe tudo e por isso, o António telefona desesperado à Carolina.

A irmã diz que estará lá dentro de meia hora, não te preocupes, eu trato de tudo, leva os miúdos ao infantário, diz, se for necessário, ficam lá em casa esta noite.

O António respira fundo, prepara os filhos e precisa de toda a paciência do Mundo para convencer a Sofia a tomar o pequeno almoço.

Mas que é isso, Sofia? Que é que te deu hoje? pergunta o António, o Gonçalo acha piada e ri-se.

A Sofia atira-lhe com a colher, esta bate no copo e este tomba, espalhando o leite pela toalha e salpicando os jeans do Gonçalo.

Bonito, vês o que fizeste, Sofia? ralha o António, agora vou ter que limpar isto e mudar as calças ao mano.

A Sofia morde os lábios, onde é que está a Mãe? a Mãe é mais divertida que o Pai! pensa e desce da cadeira, pronta para ir à procura da Teresa.

Não, não, Sofia, o António adivinha o que a filha vai fazer, a Mãe está doente, não vás ao quarto dela! Além disso, estamos atrasados!

Felizmente a D. Conceição chega nesse momento e ajuda-o com os miúdos.

O António espreita a Teresa que voltou a adormecer. O companheiro tem a impressão de que está a respirar melhor, mas não tem a certeza.

Passa a manhã apreensivo, sempre a verificar o telemóvel, não vá a Carolina telefonar ou enviar um SMS.

À hora de almoço, o António já está desesperado, a Carolina telefona, não é nada de grave, explica, é uma gripe forte, consegui que o Tomás, aquele nosso amigo médico, lembras-te? passasse por cá.

A D. Conceição já foi comprar os medicamentos, fizemos-lhe uma canja, a ver se ela consegue comer, continua, quando estiver melhor. o Tomás quer que ela faça uma série de análises.

Não te preocupes, eu encarrego-me disso, interrompe o António, nem que seja necessário arrastá-la! A Teresa é muito cuidadosa com todos, mas descuida-se um pouco com ela.

A cunhada ri-se, é verdade! concorda, ah, o Pedro deve telefonar-te! Acho que tem uma proposta para te fazer, ele tentou explicar-me, mas a Inês e o Miguel fizeram tanto barulho que ninguém se entendeu!

CONTINUA

1 comentário:

Cidália Ferreira disse...

Quando o assunto toca em doença o caso muda de figura! :)
.
Sinto o outono em meu redor
.
Beijo, e uma excelente tarde!:)