quarta-feira, 22 de setembro de 2021

A PROPOSTA PARTE II

 

A tarde é mais produtiva, a Carolina avisa que a febre baixou e a Teresa comeu um pouco de canja e uma torrada.

Vou ter que me ir embora, diz a cunhada quando lhe telefona por volta das três, tenho uma reunião às quatro, mas a D. Conceição fica com ela até às seis. Podes estar em casa por volta dessa hora? Não te preocupes com os miúdos; já pedi ao Matias para os levar lá para casa.

O António suspira aliviado, prepara tudo para sair às seis. adia umas reuniões para o dia seguinte.

Já está a fechar o computador quando o Pedro lhe liga.

O Pedro parece cansado, é natural com um bebé pequeno e o Miguel continua a ter pesadelos, não está fácil, confessa quando o António lhe pergunta se está bem.

Eu lembro-me, não é que a Sofia e o Gonçalo não dormissem, mas estamos sempre sobressaltados, têm frio? têm calor? estão a respirar? responde o cunhado, mas o que é que se passa? A Teresa está doente e prometi estar em casa o mais tardar às seis e meia.

A Teresa doente? repete o Pedro, deve estar mesmo mal para ficar em casa. Mas se vais para casa, talvez eu posso passar por lá por volta das sete? Conversamos, bebemos uma cerveja....sugere.

O António concorda, o Pedro é pontual e os dois homens instalam-se na sala.

A febre da Teresa está estável, a D. Conceição deixa uma refeição leve preparada e o António está mais sossegado.

O que é a Teresa tem? pergunta, gripe que não se cura com medicamentos caseiros decerto, afirma e o António sorri, sabes como é a tua irmã! Cuida de todos, menos dela!

O Pedro ri baixinho, o António acha-o mais magro, está a precisar de um corte de cabelo e de uma saída com os amigos.

Então o que é se passa? Não deve estar relacionado com a Laura; falei com os meus Pais, ela continua na clínica, comenta o António.

O Pedro suspira, senta-se numa poltrona e diz, a minha empresa está a remodelar os departamentos, a proposta que me fizeram foi eu continuar a trabalhar com eles, mas numa empresa independente. Eles financiam-me, mas eu serei responsável desde a organização até à equipa de trabalho. Não deixo de trabalhar para eles, mas também posso fazer trabalhos para outras empresas.

Uma consultadoria? Faz parte do mesmo grupo, que continuará a ser o cliente principal, mas terá um estatuto diferente, repete o cunhado, parece-me uma excelente proposta, qual é a tua dúvida?

É uma oportunidade única, a Beatriz tem umas certas dúvidas, mas tenho que arriscar, explica o Pedro, precisa é da tua ajuda nas questões financeiras. Vou precisar de um contabilista...

CONTINUA

1 comentário:

Cidália Ferreira disse...

Muito bem. Espera-se que a teresa melhore... :)
.
Beijo, e uma excelente tarde...