quinta-feira, 23 de setembro de 2021

A PROPOSTA PARTE III

 

António vai precisar de certos documentos, o Pedro entrega-lhe os que tem, já previa que os pedisse, explica com um sorriso.

Ok, vou fazer a minha análise, diz o cunhado, se precisar de mais alguma coisa, contacto-te e o Pedro volta a sorrir.

Levanta-se, tenho que ir para casa, a Beatriz está sozinha com os miúdos, desculpa-se e quer despedir-se da irmã.

A Teresa ainda está com dores de cabeça, mas a febre baixou e ela sente-se humana outra vez, comenta com um sorriso.

O irmão dá-lhe um beijo, telefono-te amanhã, promete e saí do quarto.

O António acompanha-o até à porta, porque não vais passar uns dias fora, recarregar baterias? sugere, estás a precisar disso e se vais assumir este cargo, tens que estar em forma. Fala com a Beatriz, os meus Pais ficam com o Miguel e os teus sogros vão gostar de estar com a Maria Rosa.

Tenho pensado nisso, mas a Beatriz rejeita a ideia, não quer estar muito tempo longe da Maria Rosa, afirma o Pedro, mas estamos muito cansados e a baby sitter despediu-se... Ainda não contratamos outra...

Mas isso é essencial, interrompe o António, pergunta à Carolina, até mesmo à Rita, elas devem conhecer alguém...

O Pedro acena que sim, aperta-lhe a mão e desaparece no corredor.

O António fica um pouco preocupado, suspira, vai ver o que a D. Conceição deixou para jantar.

A Teresa aceita a sopa e a salada de frutos, tenho sobretudo sede, exclama, mas tens que tomar o antibiótico, tens que comer qualquer coisa, responde o companheiro.

O que é queria o Pedro? pergunta a Teresa, está cansado, parece doente.

O companheiro faz-lhe um resumo do que se passa e a Teresa suspira, já podia ter falado comigo, eu posso indicar alguns nomes e mesmo a Beatriz! É médica, conhece imensa gente...Enfim, sem comentários...

Vamos esquecer os problemas do Pedro? Vamos concentrar-nos em ti? observa o António, pareces estar melhor...

Amanhã, já me levanto, diz, mas não vais trabalhar, interrompe o António de imediato, já falei com a Madalena, ela tem tudo controlado.

Odeio estar doente, repete a Teresa e o companheiro ri-se, vê se consegues dormir, não te preocupes com o teu irmão, ele vai ficar bem!

Em casa do Pedro, discute-se, a Beatriz não concorda com a ideia de irem para fora e deixarem os miúdos com os avós.

Não percebo qual é o teu problema! exclama o Pedro, o Miguel vai para a escola no próximo ano e a Maria Rosa fez cinco meses, até é bom que se habitue a estar com outras pessoas!

Mas vai chorar, a minha Mãe não vai saber como lidar com isso, grita a Beatriz e o Pedro levanta a mão.

Fala baixo, os miúdos ainda acordam e então, vamos ter problemas a sério, esclarece, estou cansado, preciso de descansar.

CONTINUA


1 comentário:

Cidália Ferreira disse...

Mais um interessante episodio!! :))
-
Meu braço impudente ao alto se ergueu
-
Beijos, e um dia feliz!