quinta-feira, 30 de setembro de 2021

O ANIVERSÁRIO PARTE IV

 

A festa é um sucesso, as pessoas estão divertidas e quando o Gustavo apresenta os bilhetes de avião na altura em que cortam o bolo, alguém grita, vejam lá, não vá nascer um outro filho!

A Carolina ri-se, Deus queira que não! Os cinco já me dão dores de cabeça suficientes para uma vida inteira! comenta e agradece efusivamente ao marido.

A Teresa dá uma cotovela ao António, prepara-te que vou querer a mesma coisa quando fizermos 25 anos! e o companheiro sorri, tenho bastante tempo para pensar e prometo que vou ser original!

É a vez da Teresa rir, mas ao reparar no ar sombrio do irmão, diz, estou muito preocupada com o Pedro! Acho que as coisas em casa não estão bem, mas sempre que tento falar disso, ele desvia o assunto!

Acontece-me o mesmo e temos tido várias reuniões por causa do projecto, confessa o António, não quer mesmo falar sobre o assunto e sinto que ele está zangado, magoado!

A Teresa suspira, será um problema com a Beatriz? Com o Miguel? Aquele miúdo é instável, repete, a Sofia e o Gonçalo ficam agitados sempre que estão com ele...

Mas não vamos afastá-los da companhia dele, isso seria um rude golpe para o teu irmão, continua o António, temos que ser mais atentos!Não se fala mais nisso, vamos dançar.

Por volta das duas da manhã, as pessoas começam a despedir-se, a Carolina está cansada, os sapatos novos estão a dar cabo dos meus pés, sussurra e o marido ri-se.

Pega na carteira, dirige-se ao hall de entrada, mas o Gustavo segura-lhe o braço, mostra-lhe uma chave.

Vamos dormir aqui, comenta, a Filipa preparou um saco e o Miguel já o deixou no quarto! E não te preocupes com os miúdos, a Filipa e o Miguel tomam conta deles até regressarmos.

Ups! pensa a Carolina, uma noite interessante! e segue-o, sorridente, feliz.

Em casa, a baby sitter queixa-se à Filipa da energia excessiva da Inês e do isolamento do Miguel, foi um trabalhão convencê-los que era hora de dormir. Já a Sofia e o Gonçalo são uns verdadeiros anjos!

Quando a Inês não os desencaminha! interrompe o Miguel e oferece-se para a levar a casa, chamar um táxi.

A baby sitter agradece, trouxe carro e saí, deixando os dois irmãos no hall de entrada.

O Matias e o Edgar já estão no quarto, o Miguel espreita para dentro do quarto, quero silêncio absoluto! as crianças estão a dormir, a ver se aproveitamos algumas horas de sono! avisa.

Estão todos sossegados, diz, estou exausta, mas feliz... Os Pais estavam tão contentes!

O Miguel acena que sim, quer dormir, tem quase a certeza de que lá para as sete e meia, oito horas, a Inês dará o sinal de alvorada.

CONTINUA


2 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Uma casa cheia sempre com muita energia :)
.
Mundo catastrófico... [desafio- Marta Vinhais]🌏
.
Beijos, e uma boa noite :)

Elvira Carvalho disse...

As crianças sempre acordam cedo.
abraço, saúde e bom fim de semana