sexta-feira, 25 de junho de 2021

GUSTAVO E BERNARDO PARTE IV


Não é isso, diz a Aída, é que descobri que estou grávida.

GRÁVIDA??? repetem a Madalena e a Teresa e a Aída fica muito corada.

Pois, um descuido, eu e o pai do Bernardo jantamos juntos, ele tinha algumas reservas acerca da ida do Bernardo para Cabo Verde, continua a Aída, uma coisa levou a outra e aqui estou grávida de seis semanas, sem saber o que fazer!

A primeira coisa a saber é, atalha a Madalena, queres esse filho?

Claro que sim! e a Aída soa horrorizada, então, tens que falar com o teu ex e saber o que ele pensa sobre o assunto, aconselha a Madalena.

Tens que fazer isso, sabendo isso, podes avançar e decidir outras coisas, concorda a Teresa, não estás sozinha, estamos todos aqui para te ajudar no que for preciso.

A Aída sorri, é um sorriso triste, mas teme a reacção do ex-marido e do Bernardo.

Não vai ser fácil, diz a Madalena, o Gustavo e a Matilde não gostaram muito da ideia de terem uma outra irmã, mas agora são os melhores amigos da Clarinha. Não lhe facilitam a vida, aliás, a Clarinha não facilita a vida a ninguém, mas faz parte do processo de aprendizagem.

Nessa noite, a Aída telefona ao ex-marido, este fique preocupado com a voz triste dela e resolve aparecer lá em casa sem avisar.

A Aída mostra-se relutante em partilhar a notícia, mas acaba por lhe contar.

Durante uns minutos, ninguém fala, a Aída repara então que não acendeu a luz e quando o faz, assusta o ex-marido.

Não sei o que dizer, confessa, mas o que é que tu queres fazer? O que decidires, eu estou de acordo.

Quero ter este bebé, explica a Aída, sei que vai ser complicado na minha idade, mas a médica diz que sou uma pessoa saudável e não prevê qualquer problema. Tenho um bom emprego, uma casa, terei que fazer alguns ajustes, mas o que me preocupa mesmo é a reacção do Bernardo.

O Pai abana a cabeça, suspira, murmura, pois, ele pode não ser muito receptivo e sentam-se para discutirem alguns detalhes.

O Bernardo está num bar com uns colegas, convidou também o Gustavo, mas este declinou, a Luísa passou o dia agitada, esclarece, recomendaram-lhe descanso e eu não a quero deixar sozinha.

CONTINUA

1 comentário:

Elvira Carvalho disse...

Vamos ver qual será a reação do Bernardo. Lembro-me como ele gostava da Clarinha, quem sabe ele sinta a falta de um irmão, apesar de pela diferença de idades quase parecer filho..
Abraço, saúde e bom fim de semana