segunda-feira, 12 de abril de 2021

O FIM DE SEMANA - PARTE III

 

A Madalena opôs-se ao meu plano de ficar no spa enquanto elas vão explorar os trilhos e a escola de equitação.

Vamos gozar este fim de semana em família, diz ela, por isso, vamos todos explorar o trilho e não, interrompe-me antes que eu vocalize a minha objecção, vamos começar pelo mais curto.

Contrariado, lá me equipo e sigo-as. 

A Clarinha está toda excitada, fala pelos cotovelos e nós interpretamos isso como um bom sinal.

A vista é deslumbrante quando chegamos ao topo e lamentamos ter que descer novamente para o vale.

Há ali perto um café, a Madalena e a Clarinha instalam-se num banco cá fora a aproveitar o Sol e eu entro para pedir as bebidas.

Com umas perguntas discretas, fico a saber que o Inspector Leitão sofreu um ataque cardíaco, a família achou melhor mudá-lo para uma residência assistida.

Não, não sabem para onde e eu suspiro, porque esta pista fica em suspenso.

A Clarinha entra então, exige saber a razão da demora, estou a morrer de sede, comenta, o que faz com que as outras pessoas se riam.

Sorrio também, gosto de a ver assim tão activa, tão interessada e acabo por não me importar de passar o resto do dia na escola de equitação.

Eu e a Madalena aproveitamos também para falar, para já, vamos manter as coisas como estão. não me vou mudar lá para casa.

O Gustavo diz que vão renovar o contrato, vai ficar por lá, conta a Madalena, está muito satisfeito, planeia ir viver com a namorada.

Pensei que já estava a viver, respondo, já não é primeira vez que lhe ligo e é ela quem atende. Mas gosto dela, parece ser simpática, bem educada, trabalhadora.

Sim, também fiquei com essa impressão, concorda a minha mulher, e se ele está feliz, eu estou feliz. Quanto à Matilde, candidatou-se a um estágio na sede da empresa da Rita.

Na Bélgica? repito e a Madalena acena com a cabeça, está toda entusiasmada, a Rita ajudou-a a preparar tudo e ela tem uma palavra a dizer, não lhe vão recusar o estágio.

Rio-me, os nossos filhos estão a crescer, não tinha ainda assimilado isso, explico, ficamos nós e a Clarinha.

Que, graças a Deus, está a melhorar! acrescenta a Madalena e eu beijo-a.

Voltamos ao hotel de bom humor, a Clarinha quer dar um mergulho, mas a Madalena convence-a a descansar um pouco antes do jantar.

Tiveste um dia em cheio, fazes isso amanhã de manhã, aconselha-a e é então que o meu telemóvel toca.

É a Matilde, o que é que aconteceu?


CONTINUA


3 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Muito bem temos aqui uma familia feliz. Uma Clarinha mais calma!:)
*
Olho convicta da graça que acolho...
*
Beijos, e uma excelente semana

Elvira Carvalho disse...

O que terá acontecido?
Não me diga que o ex-namorado voltou a atacá-la!
Abraço, saúde e boa semana

Emília Pinto disse...

E cá estou eu para acompnhar esta " familia " gostaria que o casal voltasse a viver junto Esperemos! Beijinhos, Marta e SAÚDE
Emilia