sexta-feira, 23 de abril de 2021

O DIÁRIO DO MEIRELES


Os meus Pais não ficaram satisfeitos quando lhe disse que ia ingressar na Polícia.

Então, o teu curso? protestam, mas explico que posso aplicar os conhecimentos adquiridos no curso na investigação de crimes.

Por isso, após terminar o ano de formação, aqui estou na Brigada do Inspector Tavares.

O Inspector é um individuo mal encarado, preguiçoso, que chega sempre atrasado, mas exige que os outros cumpram o horário.

Deixa a organização do dia da Brigada ao Sargento Luís, um homem franzino que parece que vai desatar a chorar a qualquer momento.

Mas depressa descubro que é inteligente, disciplinado e não aceita tolices.

Aprendo bastante com ele e tento não ligar aos rumores que circulam sobre o Inspector Tavares.

Segundo dizem, trabalhou com uma das lendas do Departamento, o Inspector Leandro, um homem que descrevem como rigoroso e ao que parece, o Tavares não aprendeu nada, afirmam, porque o Bernardes está a ter sucesso como Inspector!

Não sei quem é esse Inspector Bernardes, estou concentrado na minha carreira e fico surpreendido quando o Sargento propõe que eu faça o curso de Sargento,

Tens capacidades, és organizado, atento ao detalhe, sabes lidar com as vitimas, acho que vais ser um bom sargento, concluí.

Enquanto faço o curso, sei que o Inspector Tavares é suspenso, está a ser investigado, suspeitam de corrupção.

Entretanto, o Sargento Luís pede transferência, penso que vou ocupar o lugar dele, mas os Chefes reorganizam a Brigada.

Durante uns tempos, trabalho no arquivo central, desenvolvo um outro sistema de arquivo, mas transferem-me para uma outra Brigada,

É então que conheço o famoso Inspector Bernardes, discípulo do falecido Inspector Leandro.

CONTINUA

2 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Muito interessante, Marta.
Gostei.
Abraço e saúde

Cidália Ferreira disse...

Passo a fim de me inteirar da estória! :))
*
Gotículas celestiais ...
-
Beijo e um excelente fim de semana.