sexta-feira, 16 de setembro de 2022

OS DOIS IRMÃOS FIM

 

Invento uma história sobre o curso, o Miguel fica um pouco apreensivo, mas acha que é natural ter dúvidas, mas nada de tomar decisões drásticas, afinal, o curso só começou a semana passada, frisa.

Suspiro, levanto-me, já terminaste? pergunto inocente, não queres jantar comigo? Podemos também telefonar à Ana, sabes quem? continuo, do chá da Clarinha? Jantamos juntos?

Sei quem é, responde o meu irmão, e não, não lhe vamos telefonar. O que é que estás a tentar fazer, Maria Rosa? e olha-me trocista, estás a tentar arranjar-me uma namorada?

E se estiver? replico de imediato e o meu irmão, ri-se, dá-me uma palmada amigável, e se te disser, observa, que estou interessado noutra pessoa? Que ta vou apresentar na altura certa?

Quase me falta o ar, bolas, Miguel, tu e os teus segredos! desabafo, não te perdoo! A fazer caixinha...

Pois, e a arranjar-me namoradas? Também queres que te arranje um namorado? sugere o Miguel e é a minha vez de lhe dar uma palmada.

Ok, perdoo-te, concedo, mas quero conhece-la logo que possível, este domingo, por exemplo. O Pai já sabe? e o Miguel abana a cabeça.

Não, direi quando achar conveniente, declara o Miguel, ele também não me disse nada sobre o estar " enrolado" com a Maria da Luz!!!

Oh, pá, às vezes tenho vontade de te bater, estou indignada, qual é o problema? expludo, se estavas interessado nela e não avançaste, não culpes o Pai! 

Que linguagem é essa? repreende o Miguel, tem tento na língua! Talvez seja melhor ires-te embora...

Pois vou, meu grande idiota...não te quero ver nos próximos dias, às vezes, tenho vergonha que sejas meu irmão! anuncio e saio apressadamente do gabinete, sei que atingi um ponto sensível, o Miguel não gostou nada de saber que o Pai e a Maria da Luz estão juntos.

Acabo por desabafar com a prima Filipa, estou capaz de lhe bater! repito, aquele meu irmão pode ser tão idiota!

A Filipa ri-se, cada um tem a sua maneira de gerir as suas emoções, explica, não lhe leves a mal! Dá-lhe espaço, ele perdoa-te tudo, vais ver que isto é apenas uma tempestade e para a semana, está tudo esquecido!

A Filipa não se engana, o Miguel aparece para almoçar no domingo, entrega-me uma grande caixa de chocolates, os meus preferidos! exclamo, vou lá esquecer-me do que a minha querida irmã gosta! troça.

Mas a surpresa maior é a rapariga tímida e desajeitada que apresenta como sendo a Carlota, a minha amiga.

Todos ficamos em silêncio o que faz com que a Carlota se sinta ainda mais desconfortável.

Falta aqui qualquer coisa, penso, isto dará certo? Não sei... o tempo dirá, mas prevejo grandes problemas.


FIM



3 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Óh, Marta. Agora que eu estava tão entusiasmada...
Abraço, saúde e bom fim de semana

Cidália Ferreira disse...

Isto é que foi uma luta e afinal a Maria Rosa foi surpreendida. Oxalá dê certo. Adorei!!
Obrigada, Marta!
-
Palavras Soltas...

Beijo, e um bom fim de semana!

- R y k @ r d o - disse...

Haverá novos contos realçando esses problemas que no fim se preveem?
.
Cumprimentos … feliz fim de semana
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.