quinta-feira, 29 de setembro de 2022

EM CASA DA MÃE FIM

 

Todos temos interesse em resolver a situação, diz o Pai, a Mãe ainda abre a boca para o contradizer, mas fica calada.

A negociação é complicada, mas a conclusão é-me favorável, ou seja, a minha " base" é a casa do Pai.

Terei que passar alguns fins de semana em casa da Mãe e almoçar sempre que ela estiver na cidade em casa da Avó.

O que não será nenhum sacrifício, pois adoro a Avó e ups.... comento com o Pai, a comida dela é fenomenal!!!

Ah, eu sou um mau cozinheiro? brinca o Pai, tens que aprender a cozinhar, talvez a tua comida seja também fenomenal...

Rio-me, aprendi o básico quando estive no terreno com a ONG, esclareço, não sou uma " expert", mas não sou totalmente ignorante.

Podias pedir lições à tua Avó, repete o Pai e eu fico a pensar se não será uma boa ideia.

A Avó telefona-me, quer saber como correu a reunião, acho que a Beatriz fez muito mal, meter os advogados ao barulho, confessa, mas sabes como a tua Mãe é teimosa.

Pois sei, concordo, ela queria saber tudo, controlar as minhas entradas e saídas.

A Avó suspira, sempre foi assim, desde pequena, essa necessidade de controlar as situações e desde que casou com aquele...

" Armado em bom", sugiro e a Avó ri-se, não é bem isso, mas está bem, é uma forma de o definir. Então, vens cá almoçar no domingo?

Sim, sim, respondo, mas vou mais cedo, porque quero que me dês umas dicas de culinária. O que eu faço é o básico e acho que o Pai apreciaria uma refeição gourmet.

Ele tem que vir apreciar as minhas iguarias, diz a Avó, combinamos isso no domingo.

Desligamos, estendo-me na cama, estou satisfeita, venci esta batalha, mas o que é que o futuro me reserva?

Uma mãe complicada, um Pai disponível, mas rigoroso? O Miguel terá que me dar umas dicas...

Mas o Miguel não atende, há um problema com a Mãe e ele meteu uns dias para prestar assistência aos Avós.

FIM

3 comentários:

- R y k @ r d o - disse...

O que o futuro reserva, só o futuro tem a resposta.
.
Cumprimentos poéticos
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Cidália Ferreira disse...

O Futuro a Deus pertence!
Gostei :))
-
Manhas desertas, ruas de outono...

Beijos
Boa tarde!

Elvira Carvalho disse...

Gostei do jeito que acabou e vou para a próxima.
Abraço e saúde