terça-feira, 27 de julho de 2021

A HISTÓRIA PARTE II

 

Acho que não foi a Carolina, desabafo, deve ter sido alguém da escola que estava lá.

O irmão olha-a atentamente e diz, não sei qual é o espanto, desmaiaste numa discoteca cheia, alguém achou piada e filmou.

Estou a receber piadas e algumas não são muito agradáveis, confesso e o Gustavo ri-se.

Gostava de dizer que tenho pena de ti, continua, mas não tenho! Francamente, Matilde, beberes até desmaiar... o que é que se passa contigo? O que é feito do teu plano? Está tudo confuso, tudo sem nexo...

A Matilde baixa a cabeça, também ela não sabe o que está a acontecer, sinto-me muito perdida, responde e o irmão dá-lhe um abraço.

Estamos aqui para te ajudar, afirma, eu, a Luísa, os Pais e vai conversar com a Carolina. Foi uma boa amiga, pediu ajuda e tiveste sorte em lá estar aquele estudante de medicina!

Pois, concorda, gostava de saber quem é! Sei o nome de quem me tratou, mas quem organizou tudo foi esse tal estudante e como foram os Pais quem assinaram a alta... não tive a oportunidade de perguntar.

Acho que quem telefonou foi a irmã dele, vê o telemóvel do Pai, sugere o Gustavo, pode ser que ainda tenha lá o nº.

O Pai vai ficar furioso se eu mexer no telemóvel dele, protesta a Matilde, mas o Gustavo volta a rir-se, não, se fizeres isso cuidadosamente.

Naquela noite, por sorte, o Pai deixa o telemóvel na mesa de entrada e a Matilde pede à Clarinha para a avisar se o Pai aparecer no hall.

Mas o que é que vais fazer? a Clarinha está curiosa, mas a Matilde dá-lhe um safanão, nada que precises saber e bico calado! exige.

Vai até ao histórico das chamadas, procura as de sábado e escreve apressadamente dois números por causa das horas, 23h30, 23h45.

Coloca novamente o telemóvel na mesa, faz sinal à Clarinha para ir ter com os Pais à sala e ela fecha-se no quarto.

Marca um dos números, ninguém atende, vai directo para o VoiceMail e a Matilde descarta-o de imediato, pois a voz é de homem.

Marca o segundo, é uma rapariga que atende e a Matilde suspende a respiração.

Olá, hesita, com quem estou a falar?

Joana, Joana Loures e estou a falar com? a voz da Joana é agradável.

CONTINUA

1 comentário: