sexta-feira, 22 de outubro de 2021

CLARINHA

 

Creio que toda a gente está espantada, faço vinte anos este ano.

Acho ridículo os comentários tipo " ah, já vais fazer 20 anos??? Meu Deus, como o tempo passa, conheci-te bebé de colo".

Claro que tenho que crescer, ser livre, conhecer o Mundo.

Está a ser um pouco complicado convencer os Pais a deixarem-me viajar para Ibiza com os meus colegas; mas eu não sou a Matilde, não vou cometer uma estupidez como aquela!

Embebedar-me até cair, acordar num sítio estranho ao lado de pessoas desconhecidas... quem é que faz isso???

A Matilde é praticamente uma reclusa, só saí para trabalhar e entra em pânico se há alguma alteração na rotina.

Parva! chamo-lhe muitas vezes e a minha irmã desata a chorar, o que me enfurece.

A Matilde da minha infância era aventureira, alegre; e não, não compreendo esta mudança.

Cuidado com a língua! aconselha o Gustavo, deixa-a em paz se não a sabes ajudar!

Ajudar? repito, mas ajudar como? e o Gustavo suspira, abana a cabeça, às vezes, consegues ser muito irritante! diz

Atiro-lhe uma almofada, ele finge-se ofendido e devolve-ma com violência.

Mas o que é que vocês estão a fazer? interrompe a Luísa, parecem duas crianças! O teu filho comporta-se melhor do que tu! observa e saí da sala como se a tivéssemos ofendido.

Nunca a vou compreender, não entendo porque é que o Gustavo casou com ela.

É fria, rígida, pouco simpática, até penso que o Júnior tem medo dela!

Reparo que o miúdo está sentado atrás do sofá, anda cá, Júnior, vem brincar connosco, convido e o meu sobrinho levanta-se, avança um pouco a medo.

Porque é que lhe chamaste Gustavo? Com tantos nomes que há por aí? insisto e o meu irmão encolhe os ombros.

O meu sogro também se chama Gustavo, como se isso justificasse tudo.

CONTINUA





3 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Bom aqui temos a Clarinha adulta. Vamos ver o que ela e a Marta nos vão mostrar da sua vida e dos seus sonhos.
Abraço e saúde

Às margens de mim. disse...

O tempo não passa, voaaa e com ele todas as surpresas que nos esperam!

Cidália Ferreira disse...

Como diz Elvira, A clarinha cresceu.. Gostei do episódio!:))
-
Tu, eu, e a nossa cumplicidade (da mana)
-
Beijos, e uma excelente noite :)
.
https://duasirmasmaduras.blogspot.com/
.
Apresento-vos um blogue da minha mana mais nova que se iniciou na escrita. Blogue onde também escrevo, para ela. Visitem, sigam e linkem. Obrigada