domingo, 24 de outubro de 2021

CLARINHA PARTE III

 

Alguém nos chama para jantar, o Gustavo não responde à minha pergunta, a Matilde está sentada à mesa, mas não fala com ninguém.

Tenho quase a certeza de que não está a prestar atenção à conversa, logo ela que sempre se mostrou activa, criativa.

O que é que se passa com ela? Abano a cabeça, nunca a vou entender...

O Gustavo e a Luísa despedem-se, a Matilde ajuda a Mãe a arrumar a cozinha e eu fecho-me no quarto.

Quero impressionar o Bernardo, a roupa tem que ser ousada, mas não demasiado, se o for, corro o risco da Mãe me dizer para mudar.

As roupas ficam espalhadas em cima da cama, sou incapaz de decidir, suspiro, tenho que comprar nova, mas será que vou convencer a Mãe?

Por isso, quando abro a porta ao Bernardo, estou com jeans e uma T-Shirt branca, nada ousado, apenas confortável.

O Bernardo está magro, parece cansado, mas continua a ter o mesmo sorriso calmo, discreto de que me lembro.

Fica surpreendido por me ver tão crescida, percebo isso no olhar dele, mas puxo-o para dentro, cumprimento-o com um beijo e um abraço.

Olá, olá, cumprimento excitada, como estás? Já sei que tens uma mana, conta tudo e o Bernardo ri-se.

Vejo que continuas a falar depressa, tem calma, responde, isso, Clarinha, tem calma, não o ataques já! interrompe o meu irmão, saindo da sala onde estava a conversar com o Pai.

Olá, Bernardo, entra, deixa essa melga aí e vem conversar com os adultos, convida o Gustavo, a olhar-me de soslaio.

Morde os lábios, tenho vontade de lhe dar um pontapé, mas isso não seria digno da pessoa que quero ser para o Bernardo.

Que disparate, Clarinha, observa a Mãe quando lhe conto o que se passou, nunca foste uma pessoa discreta, não vais começar agora!

CONTINUA

3 comentários:

Cidália Ferreira disse...

A Clarinha está a apaixonar-se pelo Bernardo, lool :))
-
Tento esquecer de quem não me merece
-
Beijos e uma boa noite

Elvira Carvalho disse...

O interesse da Clarinha no Bernardo é como a fama do Constantino. Já vem de longe. Se vai ou não dar romance, é coisa que só a Marta sabe.
Abraço, saúde e uma boa semana

José Alex Gandum disse...

Que ritmo de escrita e de leitura sublime... ao nível dos melhores escritores. Parabéns pelo talento.