sexta-feira, 6 de agosto de 2021

A CONVERSA


A Luísa e o Gustavo não sabem como a Clarinha consegue acalmar o Tobias.

Os dois adoram-se, é visível, o Tobias fica positivamente louco quando vê a Clarinha e esta, sempre tão inquieta e rebelde, passa horas a brincar com ele.

A Madalena ri-se, a Clarinha sente-se um pouco a mãe dele, ter um bebé a sério para cuidar enche-a de orgulho, diz.

Por isso, naquele domingo, depois do almoço, os dois rendem-se ao cansaço e adormecem.

A Clarinha instala-se com o Tobias no quarto e a Madalena também se senta lá.

Os dois estão sentados no chão, a Clarinha tenta explicar-lhe o jogo, mas o Tobias acha mais graça atirar as peças ao ar e ver onde elas caem.

Não é isso, Tobias, tens que as colocar aqui, protesta a Clarinha, mas o Tobias ri-se e atira a peça contra a parede mais próxima.

Oh, Clarinha, ele só tem seis meses, explica a Mãe, ele não entende o que são regras e afins. Organiza um espectáculo de circo com os peluches, mas a filha está já amuada.

Não, Clarinha, não vais ficar amuada, observa a Madalena, há mais jogos, escolhe um.

Tocam à campainha, quem será? murmura a Madalena, a Matilde levou a chave, só se o Bernardes se esqueceu da dele.

É possível, recebeu aquele telefonema urgente às seis da manhã e saiu disparado.

Mas não é o marido, é o Bernardo, um Bernardo muito cansado, muito desanimado.

Está tudo bem com a tua Mãe? pergunta a Madalena, ansiosa e o Bernardo sorri, não, está tudo bem. O médico acha que é esta semana, mas nunca se sabe, conta.

A Madalena sorri também, convida-o a entrar, o Gustavo está cá? pergunta, não atende o telemóvel e como é domingo, pensei que estivesse aqui.

Está, sim, está a dormir na sala, responde a Madalena, a Clarinha está com o Tobias no quarto dela, vai até lá enquanto eu vejo se aquele dorminhoco está a  acordar.

O Bernardo é recebido aos gritos, sempre foi um grande favorito da Clarinha e o Tobias assusta-se, começa a choramingar.

Então, campeão, o que é que aconteceu? e o Bernardo pega nele ao colo.

O Tobias observa-o atentamente, mas quem és tu afinal? e olha-o desconfiado.

CONTINUA

1 comentário:

Cidália Ferreira disse...

Esta "conversa" começa muito bem!:))
-
Bom fim de semana. Beijos