quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

OS MANOS - FIM

 

A paz é restabelecida, eu volto para o meu desenho e os outros meninos para a piscina de bolas.

Só o Miguel fica sentada a um canto, isolado do resto do grupo. Que parvalhão! penso.

A Tia Carolina diz que é por culpa da Tia Laura, mas a minha Mãe é mais generosa e que temos que o ajudar a ultrapassar a instabilidade.

O que é a instabilidade? atrapalho-me a pronunciar a palavra, mas a Inês também não sabe o que é e somos orgulhosas demais para perguntar aos outros.

Felizmente, o Tio Pedro tem outros planos e por isso, somos só nós, o Pai e o Gonçalo a fazerem um piquenique no parque.

Depois de tanto perseguir as pombas, o Gonçalo adormece e o Pai resolve voltar para casa.

Deita o Gonçalo, instala-me na sala com as minhas bonecas e senta-se no sofá a ler um livro.

O Mundo está sossegado, a Mãe deve estar a chegar e segue-se o ritual do banho.

Às vezes, o Gonçalo finge que é um elefante, mas eu gosto de ser uma ninfa.

Os Pais acham imensa piada e até inventam histórias sobre esses seres.

Ainda não sabia na altura, mas mais tarde, vou lembrar-me dessas histórias malucas contadas à hora do banho e torno-me em adulta escritora de contos para crianças.

O Gonçalo vai tornar-se veterinário, especializar-se em animais selvagens e viajar pelo Mundo fora a tentar salvá-los.

Quanto a Inês, vai ser um modelo internacional e depois fundar a sua própria marca de cosméticos.

O Miguel? Querem mesmo saber do meu primo?

É um indeciso, um insatisfeito, acha que tudo é uma conspiração para o tramar.

É uma pena, porque é um homem bonito, elegante, mas tão egoísta que não me surpreende nada quando a mulher se divorcia.

Terá sido, como disse a Tia Carolina, culpa da Mãe? Mas o Tio Pedro é um homem equilibrado...

Nunca saberemos... eu dou graças a Deus por ter Pais tão carinhosos, tão terra a terra que nos deixaram conquistar o Mundo.


FIM


.


2 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Lindo!
As crianças não são toda iguais. Assim como os Pais. Há Pais e Pais! Muito bom:))
-
Do sombrio se afastam as nuvens altas
.
Beijo, e uma excelente tarde!

Elvira Carvalho disse...

Gostei da deixa final que nos transporta para o futuro e a vida adulta destas crianças.
Abraço e saúde