terça-feira, 23 de agosto de 2022

TEMPESTADE PARTE IV

 

O assunto tem que ser discutido com a família, aviso, vamos esperar pelo Miguel para falarmos, até lá, ficas em casa, só sais para ires ao Instituto e ao Centro Desportivo.

Mas o que é que eu faço relativamente a quem devo dinheiro? protesta o meu irmão, não me vais emprestar dinheiro????

Não, vamos discutir este assunto em família, repito, depois decidimos o que fazer... Tenta protelar, diz que estás a arranjar o dinheiro, propõe um prazo...e nada de falar com a Mãe sobre isto!

O Edgar não diz mais nada, fico a pensar que talvez fosse melhor emprestar-lhe o dinheiro, mas nada me diz que isto não volte a acontecer.

No regresso, o Miguel convoca uma reunião de irmãos, pedimos à Teresa para organizar um almoço, uma visita, qualquer coisa que distraia a Mãe.

A tia fica confusa, quer saber porquê, o Miguel desculpa-se, promete contar-lhe tudo depois e a Mãe, os miúdos e a Inês vão passar o dia com a Teresa na vila.

A Inês sente que os irmãos lhe escondem qualquer coisa, tenta ficar, mas o Miguel ignora os comentários provocadores e como a Mãe intervém e exige que vá com ela, ela obedece.

Vou descobrir tudo, atira ao irmão quando entra no elevador e o Miguel suspira, porque é que tenho uma " terrorista" como irmã? pensa.

O Edgar fica surpreendido quando percebe que o Tio António está presente, temos que estabelecer uma estratégia, explico, isto é um assunto grave!

Exponho o assunto, a Filipa repreende o Edgar severamente, o Miguel tem vontade de lhe bater, mas és um irresponsável! Não pensas nas consequências? grita e o irmão baixa a cabeça.

O António interrompe, creio que o Edgar já compreendeu isso, o que temos a fazer é resolver o assunto. Vamos pagar o que o Edgar deve e...

O quê? Pagar? Temos que pagar? repete a Filipa e o tio sorri, claro que sim e depois o Edgar paga-nos.

Ou seja, durante uns tempos, vais ficar sem mesada, ameaça o Miguel, não é preciso tanto, atalho, temos que confirmar todas as despesas dele.

CONTINUA