O SEGREDO PARTE II

 

O almoço é abundante, a Mãe fez as sobremesas favoritas de toda a gente, a Filipa diz que é um exagero, mas adora a ideia de levar vários tupperwares com as sobras, vou ter comida para a semana inteira! diz.

Há muito barulho, muitos risos, há muito a contar e o ambiente fica muito sério quando o Matias diz que a proposta de emprego é boa demais para recusar.

Mas ires para o Dubai??? nota-se que a Mãe está apreensiva e o Matias aperta-lhe a mão, as condições de trabalho são óptimas, o ordenado também, repete, e espero, volta-se para o resto da família, que me visitem.

Eu vou ser o primeiro, grita o Edgar, vou tirar uma semana de férias e posso ajudar-te na mudança!

A tua casa vai ter piscina? pergunta o Amadeu e a Filipa dá-lhe um safanão, nem penses que vais ao Dubai sozinho!

Claro que não, responde o Amadeu, vamos todos e o Matias fica um pouco alarmado, não sei se será uma boa ideia para já, explica, deixa-me organizar a vida primeiro!!! e todos riem.

Achas que é uma boa ideia? quer saber a Mãe no dia seguinte ao pequeno almoço, resolvi passar a noite com ela, está muito nervosa, explico ao Gonçalo, vou ficar!

O Gonçalo não gosta nada da ideia, outra vez? repete, mas é normal o Matias decidir isto e eu encolho os ombros, quero lá saber se é normal ou não, a minha Mãe está preocupada, quero conversar com ela sobre o assunto.

É normal, e odeio-me por repetir as palavras do Gonçalo, o Matias é um adulto muito responsável, está a ter sucesso na carreira que escolheu e se acha que ir para o Dubai durante uns anos é a chave para cimentar isso... tens que o deixar ir!!!

Mas vou ficar tão preocupada! lamenta-se, pode até ser um País pacifico, mas nunca se sabe...

Não podemos pensar no pior e ao primeiro sinal de perigo, o Matias vem-se embora, interrompo, francamente, Mãe, não costumas ser assim tão fatalista!

A Mãe sorri, é da idade, responde, preocupo-me com tudo e com todos, mas não precisa, friso, estamos todos a viver a nossa vida com sabedoria, graças à tudo que nos ensinaram!

A Mãe volta a sorrir, e tu? estás a viver a tua vida com graça e sabedoria? brinca e eu dou-lhe um abraço muito apertado.

Mas fiquei a pensar, confesso mais tarde ao Gonçalo, será que estou feliz com a vida que levo?

CONTINUA

Comentários

Mensagens populares deste blogue

ABSURDA

O PROBLEMA DO GONÇALO PARTE II